Ainda não entregou sua declaração de Imposto de Renda?

No DeclareFacil você mesmo faz sua declaração de IRPF de forma guiada e intuitiva.

Plataforma Declare Fácil

Conheça nossa ferramenta

Se você se encaixa nos parâmetros de obrigatoriedade e não entregou a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física, pode enviar o documento com atraso através da nossa plataforma. Diferente do programa da Receita Federal, que precisa ser atualizado com frequência, a nossa ferramenta disponibiliza benefícios exclusivos e foi pensada por usuários, com o intuito de facilitar a vida do contribuinte.

O que acontece se eu não entregar a declaração?

Quem não entregou a declaração do IR ficará com o CPF pendente. Essa situação traz diversos problemas, como impossibilidade de prestar concurso público, tirar ou renovar passaporte, realizar empréstimo e até abrir conta em banco.

Portanto, aproveite a gratuidade por tempo limitado da nossa plataforma e fique em dia com o fisco!

Quanto mais tempo de atraso, mais cara a multa!

Entregar a declaração após o prazo gera multa por atraso, equivalente a 1% ao mês do imposto devido, com valor mínimo de R$165,74, e máximo de 20%, além dos juros proporcionais à taxa Selic.

Conheça o passo a passo
para usar nossa ferramenta

shape
Time DeclareFacil com seu DARF de Carnê-Leão
1. Qualificação

Primeiro você fará a qualificação, para verificar se nossa plataforma atende às suas necessidades.

shape
Time DeclareFacil com seu DARF de Carnê-Leão
2. Preenchimento

Em caso positivo, basta criar sua conta ou fazer login e iniciar o preenchimento da declaração.

shape
Time DeclareFacil com seu DARF de Carnê-Leão
3. Transmissão

Ao término do preenchimento, basta escolher o modelo de tributação e transmitir o documento.

Benefícios

Diferente do programa ou aplicativo da Receita Federal, a nossa plataforma disponibiliza alguns benefícios exclusivos:

  • Checagem das informações de acordo com banco de dados
  • Tutoriais para auxiliar no preenchimento
  • Análise de caixa
  • Acompanhamento da transmissão e processamento
Time DeclareFacil com seu DARF de Carnê-Leão
shape

Perguntas frequentes
do DeclareFacil IRPF

Se você optar por preencher a declaração conosco, baixá-la e transmiti-la através da plataforma da Receita, não haverá custo. No entanto, por apenas R$60 você pode ter análise de caixa, transmissão e acompanhamento do processamento na nossa plataforma, sem precisar recorrer aos sites da Receita Federal.

Todos os dados pessoais fornecidos à DeclareFacil no cadastro e/ou preenchimento da declaração, são tratados como informações confidenciais e estão seguros.

Você responderá a um questionário rápido e simples, que fará uma espécie de triagem quanto às especificidades da sua declaração.

A análise de caixa é um procedimento que envolve a observação da evolução patrimonial, ou seja, é feita uma comparação entre todos os rendimentos recebidos pelo declarante e todas as despesas e investimentos que ele fez. O resultado da análise é indicar para o contribuinte se os rendimentos dele estão compatíveis com seu comportamento financeiro, de acordo com os dados que constam na declaração.

Você poderá fazer o download da guia de pagamento dentro da plataforma, além do arquivo do recibo da declaração.

Ao transmitir a declaração em nossa plataforma, ela será enviada diretamente para o sistema da Receita Federal e entrará na fila para processamento, podendo levar de 1 a 2 dias para ser processada.

Sua restituição será paga na conta indicada durante o preenchimento da declaração.

Ao transmitir a sua declaração, a plataforma realizará o cálculo e automaticamente vai gerar o DARF de atraso. Pronto, é só pagar como preferir!

A multa é equivalente a 1% ao mês do imposto devido, com valor mínimo de R$165,74, e máximo de 20%, além dos juros proporcionais à taxa Selic. É importante ressaltar a diferença entre imposto devido e imposto a pagar, pois é comum que haja confusão entre eles.

O imposto a pagar corresponde à diferença entre o imposto devido (calculado pelo programa com base nas informações declaradas) e o imposto pago. Portanto, se o imposto pago for menor que o devido, gera imposto a pagar. Mas se o imposto pago for maior que o devido, então haverá restituição.

Para saber qual é o imposto devido, o valor usado como base para o cálculo da multa, é só clicar na ficha “Resumo da Declaração” e, em seguida, “Cálculo do Imposto”. Localize o campo “Total do Imposto Devido”, que estará disponível após concluir o preenchimento da declaração.

Mas olha, não se preocupe em fazer essas contas, porque nossa plataforma vai realizar o cálculo e gerar o boleto de pagamento.